Última hora

Última hora

EU: Erdogan recusa que Chipre entrave negoçiações para a adesão

Em leitura:

EU: Erdogan recusa que Chipre entrave negoçiações para a adesão

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou-se hoje contra qualquer tentativa de fazer depender uma eventual entrada da Turquia na União Europeia de uma resolução do problema da unificação de Chipre.

Erdogan falou da questão durante uma cerimónia na parte cipriota-turca, em Nicósia, que marca o 32º aniversário da intervenção militar do seu país na zona norte da ilha.

Erdogan afirmou ainda que, a Turquia tenta conseguir o levantamento das sanções internacionais impostas à República Turca do Chipre do Norte, RTCN,proclamada unilateralmente.

A Turquia, que em Outubro deu início às negociações de adesão com a UE, recusa assumir o seu compromisso de abrir os seus portos e aeroportos aos navios e aviões cipriotas gregos enquanto o isolamento da RTCN não for ultrapassado.

Bruxelas já ameaçou Ancara com uma suspensão das negociações de adesão caso a Turquia não aceite esta obrigação.

Chipre está dividido desde 1974 depois da invasão do Exército turco na parte norte da ilha, em resposta a um golpe de Estado dos nacionalistas cipriotas gregos, apoiados pela junta militar então no poder em Atenas que pretendia anexar a ilha à Grécia.