Última hora

Última hora

Israel cria corredor humanitário para facilitar acesso das agências internacionais aos deslocados

Em leitura:

Israel cria corredor humanitário para facilitar acesso das agências internacionais aos deslocados

Tamanho do texto Aa Aa

Israel vai facilitar o acesso das agências humanitárias ao Líbano com a criação de um corredor diferente do das evacuações. A decisão israelita surge em plena onda de críticas à forma como conduz o conflito e que obrigou meio milhão de libaneses a fugirem das suas casas. As agências humanitárias temem uma catástrofe e queixam-se das dificuldades de circulação, por causa das estradas e dos bombardeamentos de veículos. Apesar de tudo, a Cruz Vermelha conseguiu fazer chegar ontem 24 toneladas de bens essenciais à população de Tyre, no Sul do Líbano.

Durante a distribuição houve escaramuças pois Tyre viu fugir muitos dos cem mil habitantes, mas milhares de pessoas chegaram vindas de aldeias ainda mais a Sul. O presidente da câmara da cidade diz que este foi o primeiro abastecimento em dez dias, mas é pouco para as necessidades.

As condições de vida deterioram-se rapidamente. Os deslocados moram agora em escolas, jardins ou parques de estacionamento. Os Estados Unidos, apesar de não pedirem um cessar-fogo, juntaram-se aos esforços internacionais para auxiliar a população. O acesso a alimentos e energia é cada vez mais difícil e teme-se a aparição de doenças graves, com os hospitais sobrelotados e a falta de água potável e de medicamentos.