Última hora

Última hora

ONU pede cem milhões de dólares para ajudar refugiados libaneses

Em leitura:

ONU pede cem milhões de dólares para ajudar refugiados libaneses

Tamanho do texto Aa Aa

A fuga desesperada das populações coloca o Líbano face a uma grave crise humanitária. O alerta é das Nações Unidas, que pedem à comunidade internacional cem milhões de dólares para ajudar os deslocados. Pelo menos meio milhão de libaneses, um terço dos quais crianças, vivem agora em jardins, escolas ou parques de estacionamento, mas o número de pessoas em fuga do conflito é cada vez maior. Israel aconselhou as populações do Sul do Líbano a saírem de uma faixa de seis quilómetros junto à fronteira.

Em clima de alarme e angústia, um libanês conta que não sabe como se encontram os pais que recusaram partir. Ele preferiu fugir com a família e vive agora numa escola. As condições de vida deterioram-se rapidamente, pois o país é alvo de um bloqueio e os bens essenciais escasseiam.

O subsecretário da ONU para a ajuda humanitária, Jan Egeland, desloca-se nos próximos dois dias ao Líbano e Israel. Em Chipre, explicou que não podem enviar ajuda em quantidade porque não a conseguem distribuir para além de certos pontos, numa referência ao risco que correm devido aos bombardeamentos. Israel anunciou a criação de um corredor humanitário aéreo e marítimo, mas não fez qualquer referência ao terrestre. A Cruz Vermelha corre o risco e faz chegar ajuda médica vinda da Jordânia através da Síria.