Última hora

Última hora

Rice defende necessidade urgente de cessar-fogo no Sul do Líbano

Em leitura:

Rice defende necessidade urgente de cessar-fogo no Sul do Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos juntam-se ao esforço diplomático para tentar solucionar a crise israelo-libanesa. A caminho de Israel, Condoleezza Rice, afirmou que existe uma necessidade urgente de um cessar-fogo no Sul do Líbano. Antes de partir para o Médio Oriente, a chefe da diplomacia norte-americana participou com George W. Bush numa reunião na Casa Branca com o ministro dos Negócios Estrangeiros Saudita, o príncipe Saud Al-Faisal.

No fim do encontro Al-Faisal disse que o presidente norte-americano “está bastante consciente da destruição e derramamento de sangue no Líbano e está ansioso pelo fim das hostilidades”, acrescentando que Bush “enviou Rice para tratar dos detalhes”.

Condoleezza Rice tem previstos para hoje encontros com o primeiro-ministro Ehud Olmert e outros responsáveis israelitas. Durante uma reunião ontem com o chefe da diplomacia alemã, Olmert declarou-se favorável ao envio para o Líbano de uma força militar formada por países da União Europeia. Uma força que teria por missão, segundo Olmert, controlar fronteiras, nomeadamente a israelo-libanesa, e desarmar o Hezbollah.

No terreno à procura de uma solução para a crise, está também o ministro francês dos Negócios Estrangeiros. Philippe Douste-Blazy defende que o eventual envio de uma força internacional deve ser feito “em pleno acordo com o governo libanês”.