Última hora

Última hora

Israel pretende prosseguir ofensiva durante 10 a 15 dias

Em leitura:

Israel pretende prosseguir ofensiva durante 10 a 15 dias

Tamanho do texto Aa Aa

Os combates entre o Tsahal e o Hezbollah junto à fronteira israelo-libanesa prosseguem no 19º dia de conflito. Numa altura em que Israel pretende intensificar a ofensiva durante mais alguns dias com o intuito de cumprir objectivos militares já definidos, o Tsahal justifica os confrontos com a necessidade de defesa de Israel.

O Tenente-Coronel Olivier Rafovitz é porta-voz do exército israelita: “Estão a atacar-nos, a atacar as nossas cidades e os nossos civis. Temos de responder, é preciso responder. Esta manhã, fomos atacados em Nahariya, em Acre e em outras cidades do Oeste de Israel. O Exército israelita só toma como alvos unidades do Hezbollah e posições que visam Israel desta zona do Líbano.”

Todas as localidades fronteiriças libanesas têm sido visadas pela artilharia israelita.
Acções que o Tsahal justifica com a necessidade de impedir o lançamento de rockets pelo Hezbollah. Hoje, num ataque contra Yarun, nas imediações de Bint Jbeil, morreram cinco pessoas entre as quais duas crianças. Entretanto, quinze mil reservistas foram chamados a apresentar-se ao serviço.