Última hora

Última hora

Líbano rejeita negociar antes de um cessar-fogo e anula visita de Rice

Em leitura:

Líbano rejeita negociar antes de um cessar-fogo e anula visita de Rice

Tamanho do texto Aa Aa

Face aos últimos acontecimentos em Canaã, o Líbano anulou a visita de Condoleezza Rice a Beirute e exclui negociações enquanto não houver um cessar-fogo. Na companhia do presidente do parlamento, o primeiro-ministro libanês, Fuad Siniora, disse que “numa manhã triste como a de hoje não há lugar para qualquer negociação para além de um cessar-fogo imediato e incondicional e uma investigação internacional ao massacre de civis por Israel”.

Hoje, após os encontros com os responsáveis israelitas, a chefe da diplomacia americana deveria deslocar-se a Beirute. Está assim bloqueada a missão de Condoleezza Rice, centrada na obtenção de acordo para uma resolução da ONU, que prevê entre outros, a mobilização de uma força internacional para o Líbano.

Rice disse ser o momento para um cessar-fogo, mas não usa a expressão “imediato”. Washington não o pede nem pressiona nesse sentido, tendo em conta a rádio militar israelita. Isso transparece também das declarações do chefe do governo hebraico. Hoje, no Conselho de ministros, Ehud Olmert garantiu que não têm pressa em chegar a um cessar-fogo enquanto não atingirem os objectivos fixados.