Última hora

Última hora

Tribunal decreta falência da Iukos

Em leitura:

Tribunal decreta falência da Iukos

Tamanho do texto Aa Aa

É o fim anunciado da Iukos. O tribunal comercial de Moscovo decretou a bancarrota da empresa petrolífera russa, atolada em dívidas ao fisco e ao grupo estatal rosneft. Já muito pouco restava da Iukos, depois da principal divisão do grupo, a empresa de extracção Iuganskneftegaz, ter sido confiscada pelo Estado e mais tarde vendida em hasta pública à Rosneft. O fundador do grupo, Mikhail Khodorkovski, está a cumprir uma pena de oito anos de prisão por evasão fiscal.

A detenção de Khodorkovski, no final de 2003, é vista como o princípio do fim da Yukos. Muitos vêem o processo de destruição da companhia como uma manobra política, uma vez que Khodorkovski era um importante financiador dos partidos da oposição. Os advogados de defesa da Iukos já anunciaram que vão recorrer da decisão do tribunal.