Última hora

Última hora

Acordo difícil na ONU

Em leitura:

Acordo difícil na ONU

Tamanho do texto Aa Aa

O optimismo apregoado sobre um cessar-fogo nos próximos dias esvaneceu-se. O representante francês, Jean-Marc de la Sablière, que preside ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, mostrou-se esta quinta-feira menos confiante do que na véspera. As negociações para a obtenção de um acordo que permita votar uma resolução nesse sentido progridem mas são muito duras.

O principal obstáculo nas coonversas entre o francês e o representante americano, John Bolton, reside na pretensão israelita ao direito de retaliação em caso de ataque do Hezbollah durante a trégua. A questão da força internacional parece ser outro dos escolhos a ultrapassar.