Última hora

Última hora

Comunidade internacional procura consenso sobre o Líbano

Em leitura:

Comunidade internacional procura consenso sobre o Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

As Nações Unidas continuam à procura de uma resolução sobre o Líbano. Os membros permanentes do Conselho de Segurança mantêm intensos debates. França e Estados Unidos tentam conjugar visões distintas: Paris privilegia um cessar-fogo imediato, Washington um acordo-político a longo prazo. Também falta acordo sobre o momento certo para a intervenção de uma força internacional.

O embaixador norte-americano na ONU, John Bolton, diz que “uma das alternativas que está a ser equacionada prevê dois tipos de forças em dois períodos distintos, porque a situação inicial em que uma força poderá ser enviada pode ser substancialmente diferente de um período seis meses mais tarde, ou a longo prazo”.

Entretanto, e contrariamente aos desejos de Washington, alguns países europeus chamam ao debate a Síria, até agora excluída do diálogo. O ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol encontrou-se com o homólogo sírio e deverá reunir-se hoje com o presidente Bashar al-Assad. Miguel Angel Moratinos voltou a defender a necessidade de um cessar-fogo imediato.

Mas uma solução diplomática permanece com data incerta, como deixa antever o novo adiamento da reunião de países-contribuintes para uma futura força internacional no Líbano.