Última hora

Última hora

Presidente ucraniano e rival pró-russo de mãos dadas para solucionar crise política

Em leitura:

Presidente ucraniano e rival pró-russo de mãos dadas para solucionar crise política

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente ucraniano, Viktor Iouchtchenko, e o seu rival político, Viktor Ianoukovitch, uniram-se. Antes da presidência anunciar que afinal aceitava a nomeação do pró-russo Ianoukovitch para primeiro-ministro, pondo fim à crise política de quatro meses, os dois responsáveis assinaram um pacto de unidade nacional.

A aliança promete acabar com o duelo entre pró-ocidentais que querem fazer avançar o país rumo à Europa, e pró-russos que não concebem uma Ucrânia sem a Rússia. Para ser nomeado primeiro-ministro, o líder do partido das regiões comprometeu-se a manter a actual política da presidência.

Estava previsto que a câmara legislativa se reunisse hoje para se pronunciar sobre a nomeação do líder do partido das regiões. No entanto, o voto foi adiado para amanhã por motivos puramente técnicos, de acordo com um porta-voz do presidente.

A rivalidade dos dois responsáveis é emblemática da divisão desta ex república soviética, e os pontos essenciais do acordo são aqueles que antes geravam discussão: a adesão da Ucrânia à União Europeia, à NATO e à Organização Mundial do Comércio.

O bloco pró-ocidental de Iuolia Timochenko, não assinou, até agora, o pacto de unidade nacional. A líder tinha pedido a dissolução do parlamento e promete ser a principal opositora da aliança que deverá governar o país.