Última hora

Última hora

Irão recusa prazo das Nações Unidas sobre dossiê nuclear e prossegue o enriquecimento de urânio

Em leitura:

Irão recusa prazo das Nações Unidas sobre dossiê nuclear e prossegue o enriquecimento de urânio

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão e os membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas estão de costas voltadas. Depois de ontem o organismo da ONU ter fixado um prazo até 31 de Agosto para que o país cesse por completo toda e qualquer actividade de enriquecimento de urânio, as autoridades iranianas dizem “não”.

Ali Larijani, o secretário do conselho supremo de Defesa e representante da República Islâmica no dossiê nuclear, afirmou que o Irão não aceita a suspensão do processo de enriquecimento.

Larijani considera que a resolução aprovada pelas Nações Unidas serve os interesses de apenas alguns países e que assim a ONU impede o Irão de prosseguir negociações pela via do diálogo.

Entretanto, os Estados Unidos aplicaram sanções com efeito imediato a sete empresas estrangeiras, onde se incluem companhias russas e cubanas. São empresas de fabrico de armamento que segundo a Casa Branca violaram o Tratato de Não Proliferação Nuclear ao fornecerem armamento não convencional ao Irão no ano 2000.