Última hora

Última hora

Ajuda humanitária está bloqueada em Sidon, artéria de Tiro foi destruída

Em leitura:

Ajuda humanitária está bloqueada em Sidon, artéria de Tiro foi destruída

Tamanho do texto Aa Aa

A situação humanitária no Líbano é cada vez mais complicada mas a verdade é que não se sabe até que ponto vai a gravidade do problema. Os aviões israelitas já destruíram pelo menos 70 pontes e agora também foi bombardeada a última estrutura por onde poderiam passar camiões carregados de ajuda humanitária. Trata-se da ponte sobre o Rio Litani, a principal artéria que poderia levar comida, medicamentos e roupas para o sul do país, até Tiro.

Thierry Fournier, da Cruz Vermelha, explica que “a estrada estava a ser bombardeada esta manhã. Esperavamos camiões vazios vindos de Tiro para serem carregados, mas já não é possível”. Ninguém, nesta altura, pode dar garantias de que as colunas de ajuda humanitária que circulem na região não são bombardeadas. De mãos e pés atados, os trabalhadores das organizações humaitárias esperam que dentro em pouco deixem de estar bloqueados nos portos libaneses.