Última hora

Última hora

Beirute ganha apoios contra projecto de resolução da ONU

Em leitura:

Beirute ganha apoios contra projecto de resolução da ONU

Tamanho do texto Aa Aa

Os países árabes juntam-se ao Líbano e rejeitam o projecto de resolução da ONU. Beirute pede alterações ao texto, sobretudo, a introdução da cláusula de retirada das forças israelitas do seu território após o fim das hostilidades. As alterações foram comunicadas à ONU e são apoiadas pela Síria e pelo Irão. A Síria considera que o texto vai levar ao prolongamento da guerra e está pronta a retaliar qualquer ataque israelita. Na visita a Beirute, o chefe da diplomacia síria, Walid Mouallem, disse que estão iludidos os que pensam que o Hezbollah será derrotado e mostrou-se disposto a integrar as suas fileiras.

Os ministros da Liga Árabe reúnem-se hoje no Líbano para contestar o texto apresentado na ONU e defender a posição libanesa. À chegada a Beirute, Amr Moussa, secretário-geral da organização, afirmou que não aceita que se ataquem civis, exige uma condenação e acção séria e determinada do Conselho de Segurança da ONU e acusa as “grandes potências” de impedir um cessar-fogo.

Estão em curso duras negociações e não há ainda uma data para a votação do documento no Conselho de Segurança da ONU, embora se fale de hoje ou amanhã. O projecto apresentado pela França e Estados Unidos exige o fim das hostilidades mas não pede a retirada das tropas israelitas do Sul do Líbano.