Última hora

Última hora

Católicos rezam pela saúde de Fidel Castro

Em leitura:

Católicos rezam pela saúde de Fidel Castro

Tamanho do texto Aa Aa

A Igreja cubana rezou este domingo pela saúde de Fidel Castro e descartou qualquer tipo de apoio a uma intervenção estrangeira. Num dia em que as notícias tanquilizadoras se multiplicaram, o cardeal Jaime Ortega celebrou uma missa na catedral de Havana durante a qual foi pedido a todas as comunidades cubanas para que rezem e peçam “a Deus que acompanhe Fidel na sua doença e que ilumine quem o substitui provisoriamente”.

À saída da cerimónia, Ortega disse que a “Igreja Católica nunca iria apoiar nem aceitar uma intervenção estrangeira”. Quanto ao estado de saúde do Comandante, o vice-presidente, Carlos Lage, assegurou no sábado que Fidel Castro não sofre de cancro e está a recuperar bem.

O regime desvaloriza igualmente a ausência pública de Raul Castro. De acordo com Ricardo Alarcon, presidente do parlamento e número três do regime, “Raul não é uma vedeta e está a fazer o que a Constituição diz, a substituir Fidel de forma provisória”.

Nas ruas de Havana os cubanos mostram-se optimistas. No país multiplicam-se as mensagens de apoio ao regime enquanto no exterior, em particular dos Estados Unidos, se reclama a democratização de Cuba.