Última hora

Última hora

Destino das minorias kosovares à mesa em Viena

Em leitura:

Destino das minorias kosovares à mesa em Viena

Tamanho do texto Aa Aa

Os negociadores do estatuto das minorias no Kosovo estão a tentar uma segunda oportunidade, em Viena, com a supervisão da ONU. Mas, no caso de se repetir o fracasso das conversações de Julho, as Nações Unidas podem decidir qual será o estatuto definitivo do Kosovo sem o acordo de Pristina e Belgrado.

No Kosovo vivem cerca de dois milhões de pessoas, 100 mil quais são sérvio-kosovares que se concentram, na sua maioria, na parte Norte do território. Por isso, antes de decidir o que vai acontecer a esta província sérvia administrada pela ONU, é preciso criar condições de vida para todas as comunidades. Esta foi a ideia com que o enviado especial das Nações Unidas e antigo presidente finlandês partiu para Viena. Martti Ahtissari explicou que a reunião de hoje é sobre a competência dos diferentes municípios em matéria de polícia, educação e justiça.