Última hora

Última hora

Galiza e norte de Portugal debaixo de fogo

Em leitura:

Galiza e norte de Portugal debaixo de fogo

Tamanho do texto Aa Aa

O calor e as chamas continuam a assolar a Península Ibérica. Na Galiza, onde há mais de 50 fogos por controlar, todos os meios humanos foram mobilizados para o combate aos incêndios. O Conselho do Meio Rural da Galiza deu ordem de mobilização a todos os funcionários, mesmo aos que estão de folga. Durante a manhã, 100 fogos estavam a ser combatidos pelos bombeiros, mais 40 aviões e helicópteros. Os fogos obrigaram ao corte temporário de várias estradas. As altas temperaturas não ajudam. Em Portugal, a vaga de calor colocou o país em alerta máximo desde quarta-feira. Há incêndios a registar principalmente no norte do país, em Braga, Viseu, Leiria e Guarda.

A meio da tarde entre 6 a 8 incêndios estavam por circusncrever. No total, 600 bombeiros estão no terreno. A situação mais grave ocorre no Concelho de Valongo onde o incêndio que começou a lavrar esta madrugada continua a ameaçar a aldeia de Couce. Meia centena de pessoas foram retiradas de suas casas por prevenção. Quase 250 bombeiros combatem as chamas apoiados por 72 viaturas e ainda um avião russo Beriev. O Serviço Nacional de Protecção Civil garante que Domingo foi o dia em que se registaram mais incêndios durante os meses de Agosto dos últimos quatro anos.