Última hora

Última hora

Mil mortos no Líbano em 27 dias de conflito

Em leitura:

Mil mortos no Líbano em 27 dias de conflito

Tamanho do texto Aa Aa

Ao vigésimo sétimo dia, o conflito israelo-libanês continua pautado por mortes e destruição. Enquanto os esforços diplomáticos continuam bloqueados, fontes oficiais libanesas dizem que o balanço de mortos no território é de cerca de mil, na maioria civis. Os subúrbios xiitas de Beirute voltaram hoje a ser bombardeados. O edifício onde todos os anos o líder do Hezbollah pronuncia o discurso pelo dia mundial de Jerusalém foi um dos alvos visados, bem como a avenida com o nome do falecido filho de Hassan Nasralhah.

Os raides aéreos do Tsahal continuam também no vale oriental de Beeka e no Sul do Líbano, aqui acompanhados pela ofensiva terrestre. Os últimos ataques israelitas fizeram pelo menos 14 mortos civis em várias aldeias do Sul libanês. Os soldados hebreus combatem as milícias do Hezbollah em várias frentes. Os confrontos mais intensos registam-se em Houla, no sector central da fronteira israelo-libanesa, junto a Bint Jbail. O Tsahal perdeu pelo menos um militar nestes enfrentamentos.

Israel continua também a visar infraestruturas estratégicas, enquanto o fim do lançamento de “rockets” contra o seu território se tornou objectivo primordial, depois de ontem ter sofrido os mais sangrentos ataques desde o início do conflito.