Última hora

Última hora

Liga Árabe apela à causa libanesa na ONU

Em leitura:

Liga Árabe apela à causa libanesa na ONU

Tamanho do texto Aa Aa

Nações Unidas e países árabes procuram um consenso sobre o conflito israelo-libanês. Em Nova Iorque, os membros do Conselho de Segurança recebem hoje uma delegação da Liga Árabe, que tentará obter as modificações pretendidas por Beirute à resolução delineada por França e Estados Unidos, nomeadamente a retirada imediata do exército israelita.

O primeiro-ministro britânico espera uma votação amanhã. Tony Blair diz que “primeiro garantem que consideram as propostas da Liga Árabe e de Israel. Depois estabelecem e concordam numa resolução, se possível amanhã, sem atrasos, porque é importante e obrigará ao fim das hostilidades”.

Mas a Rússia, com direito de veto no Conselho de Segurança, já fez saber que não adoptará um texto que vá contra os interesses de Beirute. A mensagem foi transmitida pelo embaixador russo nas Nações Unidas, Vitali Tchurkine: “É óbvio que um projecto de resolução que não satisfaça o lado libanês não deve ser adoptado, já que apenas contribuirá para uma escalada da violência”.

O chefe da diplomacia alemã está no Médio Oriente para tentar obter a aceitação do Líbano e Israel. Frank Walter Steinmeier reuniu-se em Beirute com vários membros do governo libanês, que está disposto a enviar 15 mil soldados para o Sul do Líbano.