Última hora

Última hora

MNE alemão acredita num acordo na ONU

Em leitura:

MNE alemão acredita num acordo na ONU

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Segurança das Nações Unidas pode estar perto de um consenso quanto a uma resolução para o Líbano. O texto franco-americano aguarda a intervenção da delegação árabe com as propostas libanesas e não se espera nenhuma votação antes de quarta-feira.

Falta agora convencer o Líbano e Israel para que aceitem os princípios expostos no projecto. É com essa missão que o chefe da diplomacia alemã partiu com destino a Beirute e a Jerusalém. Frank-Walter Steinmeier acredita que “há uma chance real para um cessar-fogo urgente no Médio-Oriente”, adiantando que os membros do Conselho de Segurança da ONU “parecem” ter-se colocado de acordo. Contudo, sublinha, sem o acordo de Israel e do Líbano nada é possivel.

O ministro alemão dos Negócios estrangeiros reúne-se hoje na capital libanesa com o primeiro-ministro Fouad Siniora e com o presidente do parlamento, Nabih Berri, xiita e próximo do Hezbollah.

Para quarta-feira está previsto um encontro em Israel com o chefe do Executivo, Ehud Olmert, e com o ministro da Defesa, Emir Peretz.

Entretanto, o governo de Beirute anunciou a intenção de mobilizar 15.000 homens para o sul do país assim que se concretizar a retirada israelita. Uma medida preconizada na resolução 1559 de Setembro de 2004 que pedia o desarmamento do Hezbollah.