Última hora

Última hora

Presidente do CICV alerta em Tiro para as dificuldades humanitárias

Em leitura:

Presidente do CICV alerta em Tiro para as dificuldades humanitárias

Tamanho do texto Aa Aa

Um gesto simbólico para alertar para as enormes dificuldades em levar ajuda humanitária às localidades do Sul do Líbano. O presidente do Comité Internacional da Cruz Vermelha atravessou ontem a pé o rio Litani para alcançar a cidade portuária de Tiro, isolada pelos bombardeamentos israelitas desde segunda-feira.

Jakob Kellenberger fez questão de chamar a atenção para o que classificou de “regras básicas de condução das hostilidades”: “Trata-se de distinguir entre civis e combatentes. Estas regras aplicam-se a todos os casos; é preciso fazer a distinção entre objectivos militares e civis.”

A Cruz Vermelha conduz no Líbano a sua segunda operação mais importante a nível mundial, depois do Sudão. O sul do país viu desde ontem suspendidas as ajudas humanitárias das Nações Unidas, devido ao aviso de Israel que fez saber que qualquer viatura em movimento na região seria “um alvo potencial”.

As agências humanitárias alertam para a iminente crise de combustíveis, que ameaça paralizar centrais eléctricas, abastecimento de água e hospitais.