Última hora

Última hora

Nasrallah desafia Israel e aceita mobilização de tropas libanesas para o Sul do país

Em leitura:

Nasrallah desafia Israel e aceita mobilização de tropas libanesas para o Sul do país

Tamanho do texto Aa Aa

“O Sul do Líbano será o cemitério dos invasores sionistas”: a ameaça do chefe do Hezbollah chegou horas depois de Israel anunciar o alargamento da ofensiva terrestre no Líbano. No discurso transmitido pela televisão oficial da guerrilha, Hassan Nasrallah afirmou que o seu movimento mantém a capacidade de ataque apesar dos raides e pediu aos árabes de Haifa que fujam da cidade israelita que será atacada com mais mísseis.

Nasrallah critica o actual projecto de resolução da ONU e apoia a iniciativa de Beirute de enviar 15 mil soldados para o Sul do país. Trata-se de uma reviravolta pois o Hezbollah sempre se opôs a esta mobilização apesar da pressão internacional. Ao final de 29 dias de guerra, o número de vítimas não pára de aumentar. Esta noite, mais uma vez, centenas de habitantes de Beirute juntaram-se numa praça do centro da capital para recordar, sobretudo, as crianças mortas no conflito.