Última hora

Última hora

O Líbano quase paralisado pela falta de combustível

Em leitura:

O Líbano quase paralisado pela falta de combustível

Tamanho do texto Aa Aa

Um pouco por todo o país a população enfrenta sérias dificuldades de abastecimento e a corrida às estações de serviço é já assunto de polícia.. As autoridades gerem o acesso dos automobillistas às bombas de gasolina dando prioridade a veículos de serviço público como ambulâncias ou bombeiros. Um mês de guerra tem destruído infrastruturas importantes para a economia do país.Os bombardeamentos israelitas destruiram centrais eléctricas, estradas e pontes e hoje mesmo a ajuda humanitária chega dificilmente às localidades onde é necessária.

Nos hospitais começam igualmente a sentir-se as consequências desta guerra. Além da energia eléctrica e de meios para a substituir, como a instalação de geradores, há falta de medicamentos e material médico.