Última hora

Última hora

Península Ibérica não pára de arder

Em leitura:

Península Ibérica não pára de arder

Tamanho do texto Aa Aa

Na Galiza, mais de 100 incêndios continuam activos, o que já obrigou a pôr em marcha um dispositivo sem precedentes em Espanha. 66 fogos continuavam fora de controlo A batalha contra os incêndios na Galiza, a maioria aparentemente de origem criminosa, envolve cinco mil bombeiros a que se juntam 1200 militares.
14 pessoas foram detidas por suspeita de relação com os fogos deste mês de Agosto. 3 pessoas já perderam a vida

Portugal, apesar de também estar a braços com incêndios, disponibilizou cerca de 60 homens e 19 viaturas para a Galiza. O presidente do Governo espanhol, interrompeu as férias para ir à região. Rodríguez Zapatero não tem dúvidas de que houve mão criminosa nestes incêndios como não duvida que a justiça terá mão pesada para punir os responsáveis.

Pelo menos 10 mil hectares de floresta já terão ardido na Galiza. Em Portugal, 5 incêndios estavam por circunscrever ao inicio da tarde. O que lavra em Granja, concelho de S. Pedro do Sul, no distrito de Viseu é o que mais preocupa os bombeiros, segundo a Protecção Civil.

Segundo o último relatório da Direcção-Geral dos Recursos Florestais até ao final de Julho tinham ardido quase 14 mil hectares de floresta.