Última hora

Última hora

Cessar-fogo entre Líbano e Israel entrou em vigor

Em leitura:

Cessar-fogo entre Líbano e Israel entrou em vigor

Tamanho do texto Aa Aa

Começou às seis da manhã, hora de Lisboa, o cessar-fogo entre o Líbano e Israel, decretado pelas Nações Unidas. A esperança no fim das hostilidades com o Líbano é muita mas o cepticismo é igualmente grande. Tanto o governo libanês como o executivo de Israel estão de acordo com os termos da resolução. A ideia é permitir que uma força internacional mantenha a tranqulidade na região, ao mesmo tempo que o exército israelita deixa território libanês.

Mas quem combate no terreno são os homens do Hezzbollah que se mostraram disponíveis para um eventual cessar-fogo, mas garantem que a guerra não terminou enquanto houver um soldado israelita em solo libanês. Também Israel garante resposta em caso de ataque. A força internacional deverá demorar pelo menos uma semana a chegar ao terreno.

A ministra israelita dos Negócios Estrangeiros, Tzipi Livni, reconhece que se trata de um teste para ambos os lados do conflito mas espera que a resolução tenha de facto efeitos no terreno. Enquanto não se pode avaliar se o fim das hostilidades foi ou não respeitado na totalidade, os israelitas reforçaram a posição no sul do Líbano com a mobilização de mais um triplo dos actuais efectivos.

Nos últimos dias, os confrontos agravaram-se ao mesmo ritmo que se multiplicaram as reuniões de gabinete entre os vários intervenientes neste conflito que dura há um mês.