Última hora

Última hora

Condição para a retirada de Israel é a presença das tropas libanesas no sul so país

Em leitura:

Condição para a retirada de Israel é a presença das tropas libanesas no sul so país

Tamanho do texto Aa Aa

Israel ameaçou hoje interromper a retirada do Líbano, se as tropas libanesas não forem deslocadas para o sul do país, dentro de poucos dias. Uma fonte política assegurou que o executivo libanês vai ordenar ainda hoje o destacamento imediato dos soldados.

O ministro francês dos negócios estrangeiros, Philippe Douste-Blazy, acentuou esta necessidade hoje, num encontro em Beirute para discutir a organização de uma FINUL reforçada. Um discurso que vem na sequência das trocas de palavras entre Israel e o Hezbollah em que ambos reivindicam o direito de se defenderem, mesmo após as tréguas.

Um outro ponto focado pelo responsável francês foi a urgência do fim do bloqueio marítimo e aéreo imposto ao país do cedro por Israel: “A importância da cessação do cerco marítimo e aéreo é essencial para a reconstrução do Líbano e para a vitalidade económica do país. Por isso pedimos às autoridades israelitas que acabem com esse bloqueio”

As forças libanesas vão ser destacadas para a área a sul do rio Litani, uma zona problemática, controlada pelo Hezbollah desde 1968. Está previsto que a força internacional funcione com um número igual de soldados libaneses, com a função de assegurar a manutenção da paz, especialmente numa altura em que as tréguas parecem tão frágeis.

Sem querer assumir verbalmente um papel de liderança na composição desta força da ONU, a França tem sido, até agora, responsável pelas manobras diplomáticas nesse sentido. Os primeiros planos para a organização da FINUL contam inicialmente com o envio de 3.500 homens que são esperados no terreno daqui a duas semanas.