Última hora

Última hora

Mancha de qulómetros de crude causa catástrofe ambiental nas costas libanesa e síria

Em leitura:

Mancha de qulómetros de crude causa catástrofe ambiental nas costas libanesa e síria

Tamanho do texto Aa Aa

O conflito entre o Líbano e Israel causou também graves problemas ambientais. Os ecologistas libaneses não hesitam em qualificar o que se está a passar na costa como um problema de toda a região e garantem que se trata do maior desastre ambiental da história do mediterrâneo. Entre 10 mil a 15 mil toneladas de crude espalharam-se pelas águas mediterrânicas, mancharam as costas libanesa e síria, depois da aviação israelita ter bombardeado, logo no início do conflito, há um mês tanques de armazenagem de ouro negro em Jiyyeh, no sul de Beirute.

Um dos ecologistas da Green Line, uma associação libanesa de protecção do ambiente, diz que só daqui a seis anos é que o ecossistema pode reencontrar o equilíbrio e explica que as autoridades têm de começar a tirar amostras com regularidade. Agora o problema mais urgente é a armazenagem do crude que está a ser tirado das águas, até ao momento o governo ainda não indicou para onde se pode levar.

Várias espécies animais estão ameaçadas. O cessar-fogo ainda frágil tem estado a atrasar a chegada de especialistas e equipamento ao terreno