Última hora

Última hora

Autoridades desalojam estrangeiros

Em leitura:

Autoridades desalojam estrangeiros

Tamanho do texto Aa Aa

Em nome da segurança, as autoridades locais de Val-de-Marne, na região de Paris, decidiram desalojar perto de 1.000 pessoas de um edifício universitário. Uma decisão que criou revolta entre os ocupantes destas instalações, todos estrangeiros e muitos clandestinos. A evacuação fez-se na presença das forças da ordem que tiveram de se impor para acalmar os ânimos.

No local, uma conselheira municipal informou que “as pessoas em situação regular ficarão a cargo dos serviços sociais e as restantes terão direito a documentação provisória e alojamento durante uma dezena de dias.” Explicações que não são, contudo, suficentes para quem não teve tempo nem para recuperar os bens pessoais. Entre os expulsos estão mulheres e crianças. A revolta e a incompreensão tomou conta do grupo: “Nós não merecemos isto da França, é muito triste. Não sei o que se vai passar, o nosso destino está nas mãos da câmara, eles é que decidem o nosso destino.”

As críticas vindas de associações de defesa dos “sem papéis” e de partidos de esquerda dirigem-se ao ministro do Interior, Nicolas Sarkozy, e à sua politica de repressão da imigração em França.