Última hora

Em leitura:

Líbano e Israel trocam acusações de quebra das tréguas


mundo

Líbano e Israel trocam acusações de quebra das tréguas

Uma “crua violação” do cessar-fogo. Foi assim que o primeiro-ministro libanês, Fouad Siniora classificou a operação aérea desta madrugada levada a cabo pelo Tsahal no leste do Líbano.

A aviação atingiu alvos na cidade de Bodai, a 15 quilómetros de Balbeck. Os confrontos provocaram quatro baixas: três membros do Hezbollah e um militar do Tsahal.

O porta-voz do ministro israelita dos negócios estrangeiros, Mark Regev, alegou que foi o movimento xiita quem primeiro quebrou as tréguas:

“Tínhamos informação específica da existência de um carregamento de armas da Síria para o Hezbollah. Isso é uma violação directa da resolução (…) da ONU. Nós só respondemos a essa violação do cessar-fogo”.

O texto aprovado pelo conselho de segurança das Nações Unidas impõe um embargo a qualquer fornecimento não autorizado de armas ao Líbano.

O presidente do parlamento libanês e aliado do Hezbollah, Nabih Berry, afirmou tratar-se de uma provocação para levar o partido de deus a retaliar, mas acrescentou acreditar que a “resistência” não vai ceder à “provocação”.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Primeiro contingente da missão de paz chega ao Líbano