Última hora

Última hora

DaimlerChrysler obrigada a pagar indemnizações

Em leitura:

DaimlerChrysler obrigada a pagar indemnizações

Tamanho do texto Aa Aa

Alguns accionistas da Daimlerchrysler vão receber uma indemnização. Um tribunal alemão obrigou a construtora automóvel a pagar cerca de 22 euros por acção aos antigos accionistas da Daimler-Benz, casa-mãe da Mercedes, que foram obrigados, em 1998, a trocar os papéis por acções do novo grupo, resultado da fusão com a norte-americana Chrysler, mesmo estando contra o negócio.

Ao todo, o grupo deve ter que desembolsar cerca de 230 milhões de euros, mas já anunciou que vai recorrer da sentença.

Antes, a DaimlerChrysler tinha já rejeitado uma proposta amigável, que previa o pagamento de uma quantia mais reduzida.

O antigo presidente executivo Juergen Schrempp enfrenta outro processo, que envolve quantias bastante maiores, movido pelo investidor norte-americano Kirk Kerkorian. Kerkorian viu rejeitado, pela justiça norte-americana, o pedido de indemnização de mil milhões de dólares, por danos alegadamente causados pela fusão entre a Daimler-Benz e a Chrysler.

Na altura do negócio, Kerkorian era o principal accionista individual da Chrysler. Anunciou agora a intenção de recorrer da sentença. Alega que Schrempp, na altuta presidente da Daimler, mentiu ao qualificar o negócio como uma fusão entre iguais, quando na verdade foi a parte alemã que assumiu o controlo do novo grupo.