Última hora

Última hora

EADS desmente novos atrasos

Em leitura:

EADS desmente novos atrasos

Tamanho do texto Aa Aa

A EADS nega as notícias que dão conta de um atraso nas entregas do novo avião militar A400M. A administração da casa-mãe da Airbus diz que tudo se vai fazer a tempo e horas, contrariando o que foi publicado no jornal económico francês La Tribune. No entanto, admite que lançou uma auditoria à gestão do projecto.

As acções da EADS estiveram a caír, ao longo do dia, depois do La Tribune ter dito que as entregas iriam sofrer um atraso de dois anos. O A400 M deve fazer o voo inaugural em 2008 e começar a ser entregue aos clientes no ano seguinte. Há, até agora, cerca de cem encomendas deste aparelho militar, vindas sobretudo da Europa.

Apesar dos desmentidos, são vários os analistas a adoptar um tom crítico face à Airbus, uma vez há muitas vozes, de dentro e de fora da empresa, a falar em atrasos. Estas notícias seguem-se a importantes atrasos previstos nas entregas do avião-vedeta do grupo, o Airbus A380.

Ao mesmo tempo que se debate com as más notícias, a EADS anunciou também algumas boas novidades, nomeadamente, um aumento do investimento na Índia, um país onde a procura tem crescido bastante. Uma das faces mais visíveis desse investimento é uma parceria entre a Eurocopter, filial de helicópteros, com a construtora indiana HAL, para o fabrico de um novo helicóptero militar.