Última hora

Última hora

Líbano satisfeito com compromisso da UE

Em leitura:

Líbano satisfeito com compromisso da UE

Tamanho do texto Aa Aa

O compromisso da União Europeia em enviar soldados para o Sul do Líbano foi motivo de satisfação no país do cedro, conforme expresso nos jornais desta manhã em Beirute. “Os 25 tem agora um maior papel no Médio-Oriente ou as nações amigas materializaram a sua vontade em ajudar o Líbano” lê-se por exemplo no diário An-Nahar.

O ministro dos Negócios Estrangeiros libanês, Fawzi Salloukh, também demonstrou alguma satisfação. “A decisão de enviar cerca de 7 a 8 mil soldados europeus para a FINUL é de grande assistência e ajuda o exército libanês que já começou a instalar-se no sul do Líbano”, anunciou.

Ficou definido na reunião dos chefes da diplomacia dos 25 em Bruxelas que a França continuará a comandar a FINUL até Fevereiro do próximo ano. A partir dessa altura caberá à Itália liderar a missão. Kofi Annan, também presente em Bruxelas, viaja nas próximas horas à região para encorajar as partes envolvidas no conflito a respeitarem a resolução 1701. A reforçada FINUL deverá contar com 15 mil soldados. Os contingentes europeus serão o núcleo da força da ONU, que contará com militares de países muçulmanos como a Malásia, a Indonésia, o Bangladesh e a Turquia.