Última hora

Última hora

Autoridades procuram responsáveis de atentados em Marmaris e Istambul

Em leitura:

Autoridades procuram responsáveis de atentados em Marmaris e Istambul

Tamanho do texto Aa Aa

Quem estará por trás dos atentados na Turquia? Pelo menos 27 feridos é o balanço das quatro explosões que se registaram esta noite na estância balnear de Marmaris e em Istambul. Os ataques ainda não foram reivindicados. Mas um polícia sob anonimato disse que suspeitam dos separatistas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que reivindicaram atentados semelhantes no passado.

Em Marmaris, junto ao Mediterrâneo, registaram-se três explosões que fizeram 21 feridos, a maioria dos quais atingidos pela primeira bomba, que visou um autocarro numa das principais artérias da cidade. Entre estes encontram-se 10 turistas britânicos. Alguns feridos estão ainda em estado grave, mas não correm perigo de vida.

Em Istambul, a explosão de um pacote armadilhado junto a uma escola na parte europeia da cidade fez seis feridos, todos cidadãos turcos. Estes atentados ocorreram apenas dois dias depois de outras duas bombas terem ferido quatro pessoas na cidade de Adana, no sul do país. Desta vez o principal alvo parece ter sido a indústria turística, já que Marmaris é um destino popular de férias sobretudo para europeus de leste e russos.

O turismo é um importante motor para a economia turca, que espera arrecadar cerca de 16 mil milhões de euros e receber 26 milhões de turistas durante este ano.