Última hora

Última hora

Bruxelas cede a Madrid e pede mais empenho aos 25 para conter imigração ilegal

Em leitura:

Bruxelas cede a Madrid e pede mais empenho aos 25 para conter imigração ilegal

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia está ao lado de Madrid. Pressionada pela vice-presidente do governo espanhol, Maria Teresa Fernandez de La Vega, a Comissão reclamou hoje dos 25 mais solidariedade com os países que enfrentam a enorme vaga de imigrantes clandestinos.

Bruxelas vai mesmo definir uma estratégia comum para as questões da imigração, como reclama o governo de Madrid. No fim da reunião com os comissários europeus, Maria Teresa Fernandez de la Vega explicou a posição do seu país:

“Para fazer este trabalho de controlo e segurança da fronteira é necessário ter mais barcos, patrulhas, aviões e pessoal. Mais equipamento para que possamos trabalhar. É isso que vamos decidir com os membros da União Europeia. Eu penso que mesmo que cada país empregue poucos meios, de certeza que, se todos contribuirem, nós teremos os meios suficientes”.

Entretanto, os imigrantes clandestinos continuam a afluir à costa espanhola. Esta quarta-feira um novo grupo de ilegais chegou às canárias, elevando para 498 o número de imigrantes recolhidos nesta ilhas desde segunda-feira. Espanha considera que os parceiros europeus têm feito pouco para ajudar e lançou uma iniciativa diplomática para pressionar a União Europeia a reclamar mais empenho dos 25. Antes de Bruxelas, Fernandez de La Vega encontrou-se terça-feira com a presidente e o primeiro-ministro da Finlândia, país que assume a presidência da União.