Última hora

Última hora

Chávez e al-Assad juntos contra a "hegemonia" norte americana

Em leitura:

Chávez e al-Assad juntos contra a "hegemonia" norte americana

Tamanho do texto Aa Aa

Uma sólida cooperação política e económica entre a Venezuela e a Síria e uma frente comum face à “hegemonia” norte-americana. Estas são as principais conclusões da primeira visita de Hugo Chávez a Damasco. O presidente venezuelano e o homólogo sírio, Bashar al-Assad, sublinharam que os seus países têm posições comuns relativamente a assuntos internacionais. Chávez convidou al-Assad para uma visita à Venezuela e afirmou que assinaram importantes acordos de cooperação em matéria de petróleo, energia, cultura e intercâmbio de informação.

O líder venezuelano é bastante popular na Síria devido à posição pró-libanesa durante a ofensiva militar israelita. Nas ruas de Damasco, foi calorosamente acolhido por centenas de pessoas, que misturavam fotografias suas e bandeiras da Venezuela com as cores da Síria e do Hezbollah. Por ocasião da visita, Washington exigiu a Chávez que lembre à Síria as suas obrigações internacionais, algo que, tendo a conta a posição ferozmente anti-americana do presidente venezuelano, seria dificilmente acatado.