Última hora

Última hora

França e Itália reforçam FINUL enquanto outros países europeus estudam participação

Em leitura:

França e Itália reforçam FINUL enquanto outros países europeus estudam participação

Tamanho do texto Aa Aa

Chegou hoje a Beirute um segundo navio francês, carregado com 800 toneladas de material para a reconstrução de pontes destruídas durante o conflito no Líbano. Um primeiro contingente de soldados franceses tinha já chegado ao país na passada quinta-feira a bordo de uma outra embarcação.

A França comprometeu-se com a mobilização de 2.000 homens para os 15 mil de uma FINUL reforçada, já denominada FINUL II. Bélgica, Finlândia e Espanha também se comprometeram com o envio de tropas, enquanto o Reino Unido, a Holanda, a Dinamarca e a Noruega participarão com outros recursos.

Portugal estuda hoje a sua contribuição para a força internacional de manutenção da paz. A caminho do Líbano estão já 800 militares italianos. Itália, que substitui em Fevereiro a França no comando das operações, enviará um total de 2.450 homens. Entretanto, a União Europeia anunciou uma contribuição de 42 milhões de euros para os esforços de recuperação do Líbano.