Última hora

Última hora

Annan diz que chegada da FINUL e do exército libanês implica retirada israelita

Em leitura:

Annan diz que chegada da FINUL e do exército libanês implica retirada israelita

Tamanho do texto Aa Aa

Kofi Annan já está em Damasco, à procura de cooperação na estabilização do Líbano. Mas antes de deslocar à Síria, país que apoia o Hezbollah libanês, o secretário-geral da ONU esteve na Jordânia onde denunciou a utilização de bombas de fragmentação por parte de Israel nos últimos dias do conflito.

Annan reiterou também que a retirada do Tsahal de território libanês se concretizará em breve: “Espero, e deixei-o claro às autoridades israelitas, que quando a força internacional chegar aos 5 mil homens e for mobilizada para o Sul do Líbano juntamente com os militares libaneses, seja a altura para os israelitas retirarem completamente.” Israel afirma controlar actualmente menos de um terço do território ocupado durante a ofensiva e mostrou-se disponível para negociar com o governo libanês a troca de prisioneiros pelos dois soldados hebreus raptados pelo Hezbollah.