Última hora

Última hora

"Dália Negra" abre 63º Festival de Veneza

Em leitura:

"Dália Negra" abre 63º Festival de Veneza

Tamanho do texto Aa Aa

A quem é que o júri do Festival de Cinema de Veneza, presidido pela actriz Catherine Deneuve, vai entregar o Leão de Ouro 2006? A pergunta está no ar. A abertura da 63.ª edição do mais antigo festival de cinema da Europa fica desta vez marcada pela polémica sobre a criação do certame de Roma, já no próximo mês, e pelo atraso do elenco do filme da noite, “Dália Negra”. Algo inédito no festival. Desde esta quarta-feira e até dia 9 de Setembro, Veneza assistirá à projecção de 63 filmes de vinte e sete países, entre eles a película de Manoel de Oliveira, “Belle Toujours”, e a curta-metragem de Marco Martins, “Um ano mais longo”.

Mas nenhum português é candidato ao Leão de Ouro. O júri, liderado por Catherine Deneuve e que integra o produtor Paulo Branco, deverá escolher entre vinte e uma obras. Com a abertura oficializada pelo presidente do festival, lugar à competição. Primeiro candidato ao Leão de Ouro: Brian de Palma com “Dália Negra”, inspirado no livro de James Ellroy. O filme tem estreia marcada em Portugal a 5 de Outubro.