Última hora

Última hora

Tragédia aérea no Irão

Em leitura:

Tragédia aérea no Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Incerteza quanto ao número de vítimas do acidente aéreo no Irão. Segundo a televisão estatal, morreram cerca de três dezenas de pessoas no incêndio de um Tupolev-154 da companhia Iran Airtours. Antes a mesma televisão falava de pelo menos 80 vítimas mortais.

De acordo com as recentes informações, 62 pessoas terão escapado ilesas, 47 foram hospitalizadas e as equipas de socorro recuperaram já cerca de três dezenas de cadáveres dos destroços. O aparelho incendiou-se ao aterrar no aeroporto de Mashhad, no nordeste do país. Tinha partido de Bandar Abbas, no Sul. Não há informações precisas, mas a bordo estariam 147 pessoas.

Um responsável do aeroporto conta que o avião saiu da pista e incendiou-se após o rebentamento de um dos pneus do trem de aterragem. Os acidentes de avião são frequentes no Irão, pois o país vê-se impedido de efectuar a devida manutenção dos aparelhos por causa das sanções americanas. Os Boeing e Airbus deixaram de voar e a maioria dos aviões em actividade são de fabrico russo.