Última hora

Última hora

Soldados italianos da ONU chegam ao sul do Líbano

Em leitura:

Soldados italianos da ONU chegam ao sul do Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro grupo de soldados italianos da força internacional encarregada de manter o cessar-fogo entre Israel e o Hezbollah chegou esta manhã ao sul do Líbano. A primeira unidade de 35 homens desembarcou em Tiro para realizar uma missão de inspecção antes da desembarque do regimento italiano composto por 880 soldados.

A operação de instalação dos militares italianos deverá levar quatro meses. No total, Roma contribuirá com 2500 efectivos. A União Europeia comprometeu-se a fornecer metade dos 15 mil efectivos previstos pela resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas com o objectivo de garantir uma trégua duradoura entre Israel e o Hezbollah.

Portugal vai integrar uma brigada multinacional liderada pela Espanha. O contingente de dois mil soldados integrará 140 portugueses e estará operativo a 1 de Novembro. Para a semana, chega o primeiro batalhão de franceses, com cerca de 800 soldados. A França assegura para já o comando da missão da ONU. Em Fevereiro é a vez da Itália assumir a liderança.