Última hora

Última hora

Tribunal Eleitoral confirma triunfo de Calderón

Em leitura:

Tribunal Eleitoral confirma triunfo de Calderón

Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Eleitoral do México proclamou a vitória do conservador Felipe Calderón nas presidenciais. Após a derradeira contagem, o triunfo foi atribuído a Calderón com uma vantagem de 233 mil votos, o equivalente a 0,56% dos sufrágios expressos. O processo eleitoral no México esteve bloqueado durante dois meses depois das acusações de fraude e manipulação feitas pelo candidato de esquerda López Obrador. O tribunal decidiu que as eleições presidenciais de 2 de Julho, em que participaram 41 milhões de eleitores, foram válidas e recusou anulá-las, como pedia a esquerda.

Segundo a Constituição mexicana, as decisões do Tribunal Eleitoral são “definitivas e inatacáveis”. Por isso, a decisão de hoje é inapelável. Obrador, o candidato derrotado, convocou uma Convenção Nacional Democrática para 16 de Setembro onde deverá decidir novas acções de protesto. Um milhão de pessoas são esperadas na cidade do México. Os apoiantes de Obrador bloqueiam há mais de um mês uma parte do centro da capital.