Última hora

Última hora

Nova onda de imigrantes clandestinos chega a Lampedusa

Em leitura:

Nova onda de imigrantes clandestinos chega a Lampedusa

Tamanho do texto Aa Aa

Uma onda de imgrantes clandestinos continua a chegar ao sul de Espanha e de Itália. Só na noite de quinta para sexta-feira, chegaram à ilha italiana de Lampedusa perto de 400 pessoas em situação irregular vindas de África, em pelo menos duas embarcações. O alerta foi feito por um barco de pesca e também por um avião da marinha. Segundo as autoridades, só nos últimos sete meses, desembarcaram nas ilhas Canárias, em Espanha, 22 mil imigrantes clandestinos e a Lampedusa perto de 10 500. Mas entre Julho e Setembro, chegaram às ilhas largas centenas de pessoas.

Itália, Malta e Líbia tentam organizar-se ainda para formar patrulhas conjuntas de vigilância da costa. Espanha tenta fazer o mesmo, mas enquanto nada se decide, José Luiz Rodrigues Zapatero já fez saber que o país não vai aceitar mais imigrantes clandestinos todos os que chegarem serão repatriados para o país de origem. O problema é que é difícil saber de onde vêm estas pessoas pois não trazem qualquer documento de identificação e, quando interrogadas, tentam esconder o país de proveniência.