Última hora

Última hora

A Europa em força para que a Paz perdure no Líbano

Em leitura:

A Europa em força para que a Paz perdure no Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do levantamento do embargo israelita a costa libanesa começou a ser patrulhada pela força internacional liderada pela Itália. Os militares devem verificar se o embargo de armas ao Hezbollah está a ser respeitado. Esta força naval vai apoiar a Marinha libanesa mas não está mandatada para intervenções musculadas uma situação que levou a Alemanha a pedir uma maior clarificação à ONU antes de enviar um batalhão para garantir a segurança das águas territoriais libanesas a pedido de Beirute.

A Itália anunciou o envio suplementar de efectivos para o sul do Líbano que deverá permitir a retirada definitiva de Israel do território, mas é no norte que se concentram agora as atenções: “Atribuiram-nos a zona norte, é a mais próxima da costa síria e a mais sensível. Se houver tráfico de armas é provável que venha dessa direcção” explica o comandante da Fragata francesa Gregoire. Dentro de duas semanas a força internacional vinda da Europa deverá atingir os 5000 mil homens.