Última hora

Última hora

Djukanovic a caminho da maioria absoluta

Em leitura:

Djukanovic a caminho da maioria absoluta

Tamanho do texto Aa Aa

Dia histórico no Montenegro com as primeiras eleições legislativas depois da recuperação da independência votada no referendo de Maio passado. Todas as sondagens deram uma vantagem folgada à coligação no poder, dirigida Milo Djukanovic, a dúvida está em saber se o primeiro-ministro, que já está à quase 16 anos no poder, irá conseguir a maioria absoluta.

A coligação do líder da oposição, Pedrag Bulatovic, chefe do Partido Socialista Nacional, pró-sérvio, e que foi o principal defensor do “não” à independência, não chegava sequer aos 20% nas intenções de voto. Ao início da tarde 1/3 dos 484 mil eleitores que escolhem este domingo o novo governo de Podgorica já tinha votado.

O escrutínio deve confirmar o resultado do referendo de Maio. Djukanovic beneficia do efeito positivo da proclamação da independência no início de Junho e também da abertura de conversações com a União Europeia para um acordo de associação.

Único incidente a registar, a notícia da detenção no sul do país de 14 pessoas de etnia albanesa acusadas de terrorismo. Entre os detidos estão 3 cidadãos norte-americanos, originários dos Balcãs. As urnas estarão abertas até às 9 da noite, 8 horas em Lisboa, os primeiros resultados devem ser conhecidos 2 horas depois.