Última hora

Última hora

Escândalo leva a demissão na HP

Em leitura:

Escândalo leva a demissão na HP

Tamanho do texto Aa Aa

Patricia Dunn, presidente do Conselho de Administração da Hewlett-Packard apresentou a demissão do cargo, mas só deixará de exercer funções em Janeiro próximo e vai continuar atrabalhar para a HP. No início do próximo ano, Patrícia Dunn, que presidia a empresa informática desde 2005, vai ser substituída por Mark Hurd, mantendo no entanto o posto de directora. A decisão da alta responsável da companhia surge depois do aumento das pressões resultantes de um escândalo crescente, quando vieram a público informações de que Dunn recorrera a investigadores privados e escutas telefónicas sobre directores da empresa.

As acções atribuidas à executiva tiveram lugar no âmbito de um inquérito interno da empresa que tinha como objectivo descobrir a origem de fugas de informação para os Media. O caso está a ser investigado pelo Congresso norte-americano e pelo FBI. Apesar da turbulência, as acções da HP no mercado accionista da Bolsa de Nova Iorque subiram 41 cêntimos atingindo os 36.77 dólares.