Última hora

Última hora

Governo espanhol pede à oposição um pacto nacional para a imigração

Em leitura:

Governo espanhol pede à oposição um pacto nacional para a imigração

Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol desafiou hoje o partido popular a subscrever um Pacto Nacional pela imigração. O apelo partiu da número dois do executivo socialista, Maria Teresa Fernandez de la Vega, em resposta às críticas lançadas pelo maior partido da oposição à forma como o governo está a lidar com o problema: “Uma vez que todas as medidas anunciadas pelo senhor Rajoy foram já postas em prática por este governo, estou confiante que ele está disposto a subscrever um grande pacto nacional, um pacto nacional para a imigração”. O problema da entrada de clandestinos em Espanha vulnerabilizou o governo de Zapatero, que é agora um alvo mais fácil para a oposição.

Um porta-voz do Partido Popular comentou a declaração de de la Vega criticando a regularização maciça operada pelo executivo: “Quando dizem que podemos falar não se apercebem de algo fundamental que é o erro que cometeram. É difícil chegar a um acordo, quando o ministro do trabalho não pára de sugerir mais regularizações.”

Perante a ausência de respostas da parte da União Europeia, aos pedidos de ajuda de Espanha, o governo Zapatero levou a cabo em 2005 um processo de regularização de clandestinos que de la Vega considerou “exemplar”. Quase 578 mil imigrantes foram legalizados durante esta operação e, ainda assim, o país conseguiu fazer descer a taxa de desemprego.