Última hora

Última hora

Guerra de vendas de música digital

Em leitura:

Guerra de vendas de música digital

Tamanho do texto Aa Aa

A segunda maior loja de vendas de música on line dos Estados Unidos lançou-se esta terça-feira à conquista do mercado europeu. A E Music pretende captar uma fatia dos clientes da líder de mercado Apple, a i Tunes. Como principal vantagem a empresa norte-americana tem a seu favor o facto de o seu serviço permitir ao utilizador um número ilimitado de descarregamentos de músicas que podem ser guardados em qualquer computador ou suporte digital, incluíndo o I Pod. A E Music começa para já bastante distante da Apple que com 10 milhões de utilizadores detém 60 a 70 por cento do mercado de música digital.

A companhia norte-americana, que reclama uma fatia de 11 por cento do mercado doméstico, vai disponibilizar aos seus assinantes europeus 1 milhão e 700 mil faixas provenientes de 8 mil e quinhentas editoras independentes. De acordo com os responsáveis pela empresa norte-americana, a abundância de etiquetas de sucesso, fora do “main stream”, no panorama musical europeu, deverá oferecer uma leque mais vasto de opções, para já apenas na Europa dos 25.