Última hora

Em leitura:

Ford prepara novos cortes


empresas

Ford prepara novos cortes

O Conselho de Administração da construtora de automóveis Ford vai avaliar esta quarta-feira uma profunda restruturação no seio da empresa. O novo director-geral do grupo, Allan Mullay, vai estudar medidas suplementares que incluem uma redução de 30 por cento nos custos com pessoal administrativo e cortes nos postos de trabalho e em benefícios dos trabalhadores. A restruturação também contempla uma nova estratégia de preços. As perdas líquidas da empresa no primeiro semestre de 2006 atingiram os 1,14 mil milhões de euros. A construtora norte-americana já havia anunciado planos para o corte de 30 mil postos de trabalho e a intenção de fechar 14 fábricas até 2012, como forma de diminuir o passivo da empresa.

A Ford, que detém as marcas Jaguar e Aston Martin, já eliminou cerca de 4 mil postos de trabalho, sobretudo pessoal administrativo, e fez ofertas de reforma antecipada que foram aceites por mais de 6 mil dos seus funcionários mais antigos. Actualmente circulam rumores de que a companhia poderá retirar-se da Bolsa de Nova Iorque ou procurar uma aliança com a fabricante franco-japonesa Renault-Nissan.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

empresas

Escândalo leva a demissão na HP