Última hora

Última hora

Comunidade judaica da Alemanha procede à ordenação de três rabis

Em leitura:

Comunidade judaica da Alemanha procede à ordenação de três rabis

Tamanho do texto Aa Aa

A Sinagoga Nova de Dresden foi esta quinta-feira de manhã palco da primeira ordenação de rabis em mais de 60 anos. Pela primeira vez desde o Holocausto, três estudantes do Colégio Abraham Geiger de Potsdam foram ordenados sacerdotes judaicos. Os governantes alemães consideraram a cerimónia, transmitida em directo na televisão, uma etapa histórica e preponderante na normalização da vida judaica na Alemanha. Daniel Alter, Tomas Kucera e Malcolm Mattitiani são os novos rabis; os dois primeiros vão cumprir o ministério na Alemanha, Mattitiani, sul-africano, vai rumar à Cidade do Cabo. Após o Holocausto, ficaram na Alemanha cerca de 12 mil judeus.

Agora, a comunidade judaica alemã tem cerca de 110 mil fiéis, depois de, na sequência da queda da União Soviética, terem afluído ao país cerca de 90 mil judeus soviéticos. Actualmente, existem 25 rabis para cem congregações. Por isso, a ordenação de sacerdotes torna-se uma necessidade premente, uma vez que o país recorre na maioria das vezes a rabis norte-americanos ou israelitas.