Última hora

Última hora

Clooney e Wisel numa cruzada pelo Darfur

Em leitura:

Clooney e Wisel numa cruzada pelo Darfur

Tamanho do texto Aa Aa

A região do Darfur, no Sudão, é palco de uma grave crise humanitária e o actor George Clooney persiste na luta para que o drama não seja esquecido, bem como o prémio Nobel da Paz de 1986, Welie Wisel. Os dois estiveram na sede das Nações Unidas em Nova Iorque para pressionar os membros do Conselho de Segurança a agir. “É uma capital mundial do sofrimento, da humilhação e do desespero. É isso o que o Darfur é. A tragédia, lá, parece ser interminável e também sem sentido”, referiu Wisel.

O governo sudanês, que relançou a guerra contra os rebeldes no final de Agosto, depois dos acordos de paz assinados há 4 meses, recusa o envio de tropas. O presidente Omar al-Bashid ameaçou mesmo atacar os capacetes azuis, caso pisem território sudanês. Na região do Darfur vive-se uma verdadeira tragédia. Desde o início do conflito em 2003 já morreram 200 mil pessoas. Mais de dois milhões estão deslocadas.