Última hora

Última hora

Metade do contingente espanhol para a FINUL já está em Tiro

Em leitura:

Metade do contingente espanhol para a FINUL já está em Tiro

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de quinhentos soldados espanhóis desembarcaram esta sexta-feira numa praia de Tiro, no Sul do Líbano. O contingente, que até final de Outubro terá um efectivo de 1100 militares, vai fazer parte da FINUL reforçada. A missão das Nações Unidas destinada a fazer cumprir a resolução 1701 terá em breve 5 mil homens, o que vai permitir a retirada definitiva das tropas israelitas do Líbano. A força internacional tem como missão fazer respeitar a trégua que já dura desde 14 de Agosto e garantir que o fornecimento de armas ao Hezbollah seja interrompido. No entanto, a situação pode complicar-se como demonstra o tiroteio da noite passada entre contrabandistas e o exército libanês no Norte junto à fronteira com a Síria.

Para o tenente espanhol Angel Muíno, “missões como esta têm riscos, uma vez que o conflito pode ressurgir a qualquer momento”. Entretanto, em Beirute, o presidente do Parlamento Europeu Josep Borrell foi recebido pelo primeiro-ministro libanês Fuad Siniora. No encontro, Borrell considerou a participação europeia na FINUL o primeiro passo de um compromisso mais importante da UE no Médio Oriente.